Chesterfield e Recamier: conheça esses modelos clássicos de sofá!

Chesterfield e Recamier: conheça esses modelos clássicos de sofá!

É unanimidade: não há quem duvide que o sofá não seja um item de destaque dentro do lar. Seja na sala de estar, no escritório ou no quarto, um sofá quando é elegante chama atenção pelo design e dá um ar de sofisticação ao ambiente.  

É o caso dos sofás das linhas Chesterfild e Recamier. Neste post, vamos explicar melhor como esses modelos se caracterizam e como combinar a beleza clássica com outros itens da sua casa. Continue lendo e confira! 

 

Por que comprar um sofá clássico? 

Ao investir em um sofá clássico, você terá muito mais do que um simples imóvel na sua sala de estar. Estamos falando de um artigo de requinte que perdura ao longo do tempo e jamais sai de moda.  

Um sofá com design clássico é capaz de enriquecer o visual da sua sala, pois os detalhes têm muita história para contar. O estilo clássico é conhecido pelo encosto e bancos arredondados, o desenho ornamentado, a madeira bem trabalhada e um estofamento que garante conforto. 

Em resumo, investir em um sofá clássico, como os modelos Chesterfield e Recamier, é a garantia de que você estará feliz com um móvel de luxo por muitos anos. 

 

Como é o sofá Chesterfield?  

O Chesterfield é um verdadeiro clássico moderno. Ninguém sabe o início exato da sua produção, mas a origem do modelo remonta ao século 18, especificamente ao nome do Conde de Chesterfield. Ele faz parte da composição ornamental da realeza britânica. 

O sofá Chesterfield é caracterizado por braços arredondados e o revestimento de couro. Contudo, hoje você pode encontrar o modelo não apenas em couro, mas também em veludo belga e outros tipos de tecidos. 

Outra característica do Chesterfield são os detalhes em capitonê. Trata-se de um acabamento artesanal. 

O sofá Chesterfield também pode ser encontrado com detalhes em madeira maciça e folheação a ouro, o que contribui com o ar de sofisticação. 

 

Como é o sofá Recamier? 

Em meados do século 19, o artista Jacques Louis David pintou uma jovem garota conhecida como Madame Recamier em um sofá com braços altos e curvados. Mal sabia ela que, mais tarde, o seu nome batizaria o sofá da pintura. 

Recamier é sinônimo de elegância. A começar pela sua origem, o nome “Recamier” é de origem francesa e remonta aos tempos de Napoleão Bonaparte.  

Além dos braços altos e curvados, o Recamier é conhecido por ser um sofá longo com ou sem um encosto. O principal uso do modelo é no quarto, quando o Recamier fica próximo aos pés da cama e pode ajudar no momento de se vestir ou apoiar roupas e acessórios. 

O Recamier pode combinar com outros cômodos, como a sala de estar e até o hall de entrada. Assim como o Chesterfield, esse modelo possui detalhes em capitonê, pode ser encontrado em couro natural, veludo belga, detalhes em madeira maciça e folheação a ouro. 

Apesar de ser caracterizado como um modelo com assento longo, o Recamier tem um tamanho menor que o do Chesterfield. 

,

 

Como combinar o sofá clássico com a casa?

Para um sofá como o Chesterfield ou Recamier, tapetes em alto e baixo relevo modernos se harmonizam com o estilo clássico. Além disso, ambos se adaptam a espaços grandes. 

Ao decidir usar esses modelos em ambientes corporativos, colocá-los em locais de recepção pode ser um ótimo cartão de visita para o público, principalmente no caso do modelo Recamier. 

Chegamos ao final! Se você gostou de conhecer os modelos de sofá Chesterfield e Recamier, saiba que é importante pesquisar o seu imóvel em lojas de confiança e credibilidade no mercado. 

Aproveite para acessar o site da Estofados Wilson e venha saber como obter seu estofado sob medida. 

Valdir

Valdir

Resumo Biografia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp